7 de março de 2013

Dia Internacional da Mulher

Neste dia 08 de março, dia internacional da mulher, muitos são os motivos para as mulheres comemorarem. As conquistas alcançadas ao longo da sua trajetória sofrida serão sempre lembradas com orgulho pelas gerações futuras.

Embora ainda existam muitas barreiras para serem transpostas e muitos espaços para serem ocupados, é inegável o avanço rumo à igualdade de direitos tão sonhada e merecida.

A nossa sociedade embora ainda com ranços de sua cultura latina com traços acentuadamente machistas, tem se curvado diante da ascensão da mulher aos novos postos de trabalho e a sua participação cada vez mais importante como responsável pela família brasileira.

Pena que a sua participação na vida pública ainda seja abaixo do esperado, pois com certeza a ética e o bom senso, além da honestidade seriam premiados se houvesse uma participação mais ativa do sexo feminino nos destinos da nação em todos os seus estágios.

Os desafios nesse novo milênio devem ser a manutenção das conquistas já alcançadas, bem como o discernimento de algumas mulheres com relação à ditadura da moda e dos costumes, que por vezes expõe a própria mulher a situações constrangedoras.

Um exemplo atual é a indústria do silicone que quer impor padrões puramente estéticos e com cunho machista a beleza natural da mulher. A cirurgia plástica contém enormes avanços em sua trajetória e podem, se praticadas por profissionais corretos trazer grandes benefícios. Porém nos últimos tempos vem se prestando a um papel meramente mercantilista em relação ao corpo da mulher que muitas vezes não percebe que está sendo usada por esta estrutura.

Outro exemplo que em nada contribui para com o respeito à mulher é a sua participação e a aceitação à ditadura do Ibope na televisão. Em nome da conquista de índices cada vez maiores de audiência, os responsáveis pela programação da TV brasileira expõem à nudez da mulher de uma forma chula e pejorativa.

Esses diretores esquecem de enaltecer a inteligência, a sensibilidade e a determinação da mulher, como se delas só pudéssemos observar a beleza física.

O combate à violência é um dos maiores problemas na atualidade e tem na impunidade seu maior parceiro. A justiça precisa engendrar esforços no sentido de punir exemplarmente aqueles que cometem crimes hediondos contra a Mulher em nosso país.

A luta da mulher ainda terá muitos momentos de conquistas e também de dificuldades a serem percorridos neste novo milênio, mas é preponderante que através das suas vitórias nosso país irá alçar voos mais altos rumo à modernidade e a uma sociedade mais humana e mais justa.

Nenhum comentário: