15 de junho de 2016

Promessas vão se acumulando!

A vaidade é o caminho mais curto
para o paraíso da satisfação,
porém ela é, ao mesmo tempo, o solo
onde a burrice melhor se desenvolve.
Augusto Cury

Ao longo dos últimos quinze a vinte anos os moradores de Bauru, no interior de São Paulo, cidade com mais de 400 mil habitantes, convivem com a propagação de inúmeras promessas feitas pelos políticosAs promessas giram em torno de coisas que obviamente interessam a sociedade bauruense como um todo. A concretização dessas promessas entretanto, esbarram na ausência completa de vontade política dos representantes da cidade no Poder Executivo Municipal, Estadual, Judiciário e o Legislativo.
Quando interessa, esses indivíduos divulgam o assunto para aquecer seus interesses eleitoreiros mesquinhos, em seguida o assunto cai no esquecimento e hiberna por muitos meses. Claro que, são obras que dizem respeito diretamente ao povo, pois se fossem coisas importantes para os envolvidos elas já teriam sido entregues há muito tempo. Os sonhos são os seguintes:
è Uma Faculdade de Medicina permeia os sonhos de muitos bauruenses, sejam estudantes, médicos, professores, enfim, uma parte considerável da população poderia ser beneficiada. A cidade já conta com um campus da UNESP e outro da USP, duas das maiores universidades no país.
è Outra promessa tão antiga quanto a anterior é a construção de uma Cidade Judiciária, que pudesse abrigar todos os órgãos, varas da justiça e demais setores da justiça. Hoje, algumas instalações estão em péssimo estado de conservação e não fornecem segurança aos servidores e muito menos a população que as frequentam.
è A cidade não dispõe de um único Ginásio de Esportes com capacidade para eventos com mais de cinco mil pessoas. Sendo assim, deixa de realizar jogos importantes de Vôlei, Basquete e Futsal entre outros. Além de privar a sociedade de receber shows e eventos importantes no cenário cultural do país.
è Um Teatro Moderno, confortável, dotado de tecnologia de ponta para iluminação, som e toda infraestrutura necessária para a realização de grandes espetáculos musicais, peças e shows, visto que o local atual é antigo, pequeno, mal cuidado e sem a mínima condição de receber um bom espetáculo.
è Infraestrutura Viária com a construção de obras que possam fazer interligações entre os diversos pontos da cidade. A cidade cresceu, seu fluxo de trânsito nunca foi planejado fazendo com que o usuário careça de marginais ligando as rodovias que cortam a cidade. Além da modernização das grandes avenidas com melhor sinalização, recapeamento moderno e iluminação que não lembre mais os tempos de lampiões de gás.
Essas coisas simples para muitos moradores de cidades próximas como São José do Rio Preto, Sorocaba, Araraquara, Piracicaba são verdadeiras utopias para os bauruenses. Afinal de contas acima do povo estão os partidos políticos e os políticos que usufruem o poder emanado pelo povo como por exemplo: Prefeitos, Vereadores e Deputados.
Esses representantes da sociedade ao longo do tempo pensam apenas em seus egos, reeleições, negociatas e interesses pessoais, deixando aquilo que verdadeiramente interessa ao povo em terceiro plano. Recursos existem e sempre estiveram nos cofres municipais, estaduais e federal, falta vontade política, desprendimento e respeito à cidade de Bauru.

Nenhum comentário: