27 de agosto de 2015

Apito amigo ou leviandade de inimigos?

Não odeies o teu inimigo, porque,
se o fazes, és de algum modo o seu escravo.
O teu ódio nunca será melhor do que a tua paz.

Algum tempo atrás um apresentador de programas esportivos da Band TV, ex-radialista e fake de humorista, torcedor declarado do San7os, para justificar as derrotas de seu time e a evolução do Corinthians à época, justificou estas conquistas do Timão como sendo fruto do “apito amigo”.
Apito amigo na lógica do bobo da corte da Band seria o suposto favorecimento das arbitragens ao clube do Parque São Jorge. Claro que essa afirmação mesmo que em tom de “brincadeira” deduz que a CBF e a Federação Paulista sejam coniventes, visto que os árbitros são escalados por elas antes dos jogos.
Se o Corinthians é favorecido pelo “apito amigo” por que então: 
1     Ele ficou 22 anos (1955 a 1977) sem conseguir ganhar um único título?
2    Por que sendo “favorecido” por arbitragens só ganhou seu primeiro título brasileiro em  1990?
3   Por que ficou 11 anos sem vencer o Santos (Time do Milton Neves) no campeonato    estadual?
4    Por que venceu a Libertadores que começou a ser disputada em 1960, apenas em 2012 e  não foi campeão várias vezes como o Boca Jrs e o Independiente da Argentina, por  exemplo?
5    Por que perdeu várias finais de campeonatos disputados até a presente data?
São perguntas que Milton Neves não poderá responder, porque não tem como fazê-lo a luz da razão. Além do mais, existem outros fatos que ele finge desconhecer dentro do futebol.
O time dele na época de ouro da década de ’60 montou uma superequipe e ganhou tudo que disputou. Entretanto conforme declara o jogador Almir Pernambuquinho em seu livro de memórias o time santista foi ajudado pelas arbitragens em algumas destas conquistas.
Em geral os erros de arbitragem (Juízes e auxiliares) são frequentes, prejudicam e ajudam a todas as equipes do mundo que disputam partidas de futebol em vários torneios. Não existe uma equipe que é prejudicada sempre, nem outra que é beneficiada sempre. Existe na verdade pessoas que querem aparecer à custa da força da torcida alvinegra do Corinthians.
No ano de 2013, jogando no Pacaembu pela Libertadores contra o Boca Jrs, o Corinthians foi vitima de uma das piores arbitragens da história do futebol sul-americano.
O árbitro encomendado era o paraguaio Carlos Amarilla. Foram duas penalidades não assinaladas e dois gols anulados na mesma partida. O link com as imagens mostram que um time com apito amigo não poderia jamais ser roubado desta forma:
            Ainda tem a matéria publicada neste final de semana dando conta da posição explicita e descarada do Presidente da CBF, afirmando e tranquilizando a direção do Clube Atlético Mineiro de que torce contra o Corinthians e não quer vê-lo Campeão Brasileiro. Veja o link: http://www.meutimao.com.br/noticia/185628/em_reuniao_na_cbf_del_nero_garante_que_nao_quer_ver_corinthians_campeao
        Somente humoristas e pessoas mal intencionadas podem afirmar que existe ou existiram complôs para fazer o Corinthians vencer algo neste país. As provas contrárias não caberiam neste espaço.

Nenhum comentário: