19 de dezembro de 2014

Código 39

“Numa nação corrompida,
muitas são as leis que se fazem”.
Tácito

Paguei há duas semanas uma conta na farmácia com cheque do Banco do Brasil no valor de R$ 50,00. Esclarecendo que a Farmácia só aceitou meu cheque porque sou cliente há mais de 15 anos. Eles trocaram o cheque num outro ponto comercial do bairro e o comerciante depositou meu cheque sem problema algum. Havia saldo, cheque preenchido de forma correta e muito legível.
Eis que na tarde de ontem o empregado da farmácia vem à minha casa e pede para que eu troque o cheque, pois o mesmo foi devolvido pelo banco.
Atrás do cheque aparecia a mensagem: “Devolvido em razão de Código 39”. O que é código 39? No cheque não havia nenhuma explicação para o comerciante nem para o dono do cheque. Estranho, muito estranho.
Liguei então para minha agência e conversei com a gerente de minha conta que num primeiro momento hesitou em relação ao que seria o motivo da devolução. Perguntou para alguns colegas e então confirmou o motivo. Tratava-se de um erro ocorrido no momento da digitalização do cheque.
A pergunta que eu fiz foi a seguinte:
_ Se o erro foi do processo de digitalização por que não o fizeram novamente e optaram por devolver o cheque do cliente, causando constrangimento e dissabor ao comerciante e ao consumidor?
Do outro lado da linha um breve silencio constrangedor. Não há resposta, é o sistema bancário. A culpa sempre é dos outros, nunca a instituição assume seus erros e corrige-os sem que o consumidor e o recebedor do cheque fiquem sabendo. Seria o modo mais correto e decente.
Ao consumidor cabe preencher o cheque corretamente, assiná-lo e ter certeza de possuir fundos suficientes para o débito em sua conta corrente. Ao recebedor do cheque cabe conferir, saber da procedência do mesmo e depositar em sua conta corrente. Ao Banco cabe processar esse cheque e debitar um creditando o outro, parece uma operação simples.
Hoje com tanta tecnologia a disposição, o sistema bancário ainda enfrenta situações ridículas como essa do código 39. Quantos códigos existem?
Os banqueiros na verdade não estão preocupados com a comodidade e a segurança dos seus clientes. Quer me parecer que isso seja algo apenas das propagandas de televisão, onde o cliente é guindado a um patamar muito acima da dura realidade dos códigos 39 da vida.



Um comentário:

Natalino Leonel dos Santos disse...

Será que já cobraram a multa e a taxa de devolução. Caso afirmativo o cliente do banco já perdeu mais uns 30% do valor em referencia