1 de fevereiro de 2012

Ministros nas alturas e os gastos também!


Em apenas um ano mesmo sem fazer nada de importante e significativo para o país, os ministros de Dilma Rousseff e o seu vice-presidente Michel Temer torraram a bagatela de R$ 16,6 mi (dezesseis milhões e seiscentos mil reais) em viagens com aviões da FAB – Força Aérea Brasileira.

A maior parte dos ministros usa estes voos para voltarem aos seus Estados nos fins de semana. A divida interna do Brasil é astronômica e boa parte desta despesa esta justamente sobre os gastos da folha de pagamento do governo e todos os seus custos com pessoal.

Espera-se dos ministros trabalho, dedicação, empenho e não ficar sabendo que estão cruzando os céus do nosso país em troca de nada, pois sabemos que quando viajam a serviço estão indo ver tragédias que não foram contempladas com obras preventivas de seus próprios ministérios.

Se você é empregado de uma empresa reside dentro do munícipio em que trabalha ou perto dele para seus deslocamentos, sabe de antemão que cabe a você bancar as suas despesas de transporte ida e volta à empresa. No caso da maior parte dos ministros, eles residem em seus Estados e aproveitam a mordomia para ir e vir de avião à custa do povo brasileiro.

Só na vida pública que se tem direito a tanta mordomia, sem ter que prestar contas, sem ter que provar valor profissional, sem ter que mostrar produtividade e qualidade naquilo que está sendo pago para fazer.

Segundo os dados publicados pela Folha de SP ministros da Dilma e vice Michel Temer superam até os viajandões FHC e Lula, este último, o recordistas nas alturas. Vejam quadro:


Nenhum comentário: